Regresso ao Jogo: a UEFA está a preparar-se para o regresso seguro das suas competições de elite.
Saiba mais >
 

1971/72: Cruyff decisivo

1971/72: Cruyff decisivo
1971/72: Cruyff decisivo ©UEFA.com

AFC Ajax 2-0 Internazionale FC

Na época de 1971/72, o AFC Ajax era a equipa a abater no futebol europeu, mas ninguém teve capacidade para destronar os holandeses. Nem a mudança de treinador, com a entrada do romeno Stefan Kovacs para o lugar de Rinus Michels, diminuiu o ritmo diabólico de Johan Cruyff e seus companheiros.

Ajax imparável
No caminho para a terceira final da Taça dos Clubes Campeões Europeus em quatro épocas, os detentores do troféu deixaram pelo caminho 1. FC Dynamo Dresden, Olympique de Marseille, Arsenal FC e Benfica. A equipa portuguesa foi a que criou maiores dificuldades ao Ajax, mas Cruyff decidiu tudo ao marcar o único golo das duas mãos. Para disputar a final, os holandeses foram obrigados a uma curta viagem até ao estádio do Feyenoord onde defrontaram o Internazionale FC.

Polémica com Boninsegna
Embora o Ajax jogasse praticamente em casa, parecia que a ajuda divina queria empurrar o Inter para o título. Os italianos tinham recebido uma grande ajuda quando a UEFA anulou o resultado do jogo da segunda eliminatória em que os italianos foram goleados por 7-1 em casa do VfL Borussia Mönchengladbach. A decisão foi motivada por um protesto dos italianos que alegaram que o avançado Roberto Boninsegna tinha sido atingido por uma lata atirada das bancadas.

A derrota do Catenaccio
O jogo de repetição na Alemanha terminou empatado a zero e os "nerazzurri" seguiram em frente com um total de 4-2. Depois, os italianos voltaram a ser protegidos pelos deuses do futebol ao eliminarem o Celtic FC nas meias-finais. O Inter venceu no desempate por grandes penalidades após dois jogos em que não se marcou qualquer golo. Mas na final do De Kuip tudo foi diferente. Cruyff marcou dois golos e, com a ajuda de Neeskens, Blankenburg, Muhren, Haan e Krol, levou o Ajax a renovar o título europeu. O resultado final foi: Futebol Total 2, Catenaccio 0.

Topo