Real acaba como jejum europeu

Real acaba como jejum europeu
Real acaba como jejum europeu ©UEFA.com

Um gigante acordou em 1985, quando o Real Madrid CF conquistou o primeiro troféu europeu em 19 anos. Na base deste renascimento estava um núcleo de jovens jogadores formados no clube, que ficariam conhecidos como a "Quinta del Buitre". Emilio Butragueño, Miguel "Míchel" González, Rafael Martín Vázquez, Miguel Pardeza e Manuel Sanchís tiveram carreiras sensacionais.

Equilíbrio Real
O Real teve um desempenho curioso, ao vencer os jogos em casa e ao perder todas as partidas que disputou fora de Madrid. A única excepção aconteceu nos quartos-de-final, quando o Real foi a Londres bater o Tottenham Hotspur FC, que era o detentor do troféu e estava numa longa série de invencibilidade em casa nas competições da UEFA. Na segunda eliminatória, os espanhóis perderam por 3-1 em casa do HNK Rijeka, mas seguiram em frente com um total de 4-3. A terceira ronda começou com um desaire, por 3-0, em casa do RSC Anderlecht, mas tudo ficou decidido com uma goleada de 6-1 no Santiago Bernabéu. Nas meias-finais os "merengues" perderam, por 2-0, com o Internazionale FC, mas venceram por 3-0 perante o seu público.

Surpresa magiar
Numa edição marcada pelas grandes recuperações, o FK Partizan também merece destaque, pois conseguiu seguir em frente depois de ter perdido, na primeira mão, por 6-2, em casa do Queens Park Rangers FC. O outro finalista foi o Videoton FCF, uma equipa que representava o renascimento do futebol húngaro, que há dez não conseguia colocar um clube numa final europeia. Nos quartos-de-final, os húngaros eliminaram o Manchester United FC no desempate por grandes penalidades. Nas meias-finais a vítima foi outra equipa do leste europeu, o FK Zeljeznicar. Na atribuição do troféu, o Real venceu o jogo da primeira mão em casa do adversário, com Míchel, Carlos Santillana e Jorge Valdano a fazerem o resultado final de 3-0. Os espanhóis puderam preparar a festa para o encontro de Madrid, que teve apenas um golo. Lajos Májer deu o triunfo ao Videoton, mas não impediu o despertar do gigante espanhol.