Regresso ao Jogo: a UEFA está a preparar-se para o regresso seguro das suas competições de elite.
Saiba mais >
 

Uma surpresa chamada Gotemburgo

Uma surpresa chamada Gotemburgo
Uma surpresa chamada Gotemburgo ©UEFA.com

A época de 1986/87 ficou marcada por grandes surpresas no futebol europeu. O FC Porto ganhou a Taça dos Clubes Campeões Europeus, o AFC Ajax a Taça dos Vencedores das Taças, mas a maior surpresa surgiu na Taça UEFA, onde o triunfo pertenceu ao IFK Göteborg.

Revolta dos pequenos
A equipa sueca já tinha conquistado o troféu em 1982, mas poucos acreditavam que conseguisse ultrapassar o Internazionale FC nos quartos-de-final. A eliminatória terminou empatada, mas os italianos foram afastados por terem marcado menos golos fora. Depois de terem afastado o SK Sigma Olomouc, BSV Brandenburg, KAA Gent e o Inter, os suecos defrontaram o FC Tirol Innsbruck nas meias-finais. O Gotemburgo foi arrasador, venceu com um resultado total de 5-1 e carimbou o passaporte para a final, onde encontrou outra equipa sensação, o Dundee United FC.

Escoceses destroçados
A equipa treinada por Jim McLean causou sensação quando bateu o FC Barcelona nos dois jogos dos quartos-de-final. Na ronda seguinte, o VfL Mönchengladbach também ficou pelo caminho, e o Dundee sonhou em fazer companhia ao Celtic FC, Rangers FC e Aberdeen FC no lote de equipas escocesas que conquistaram uma competição europeia. Mas no final, o único troféu que conquistou foi o de fair-play. O título ficou decidido na primeira mão, quando Stefan Pettersson fez o único golo do jogo que teve lugar no estádio Ullevi. No segundo encontro, em Tannadice Park, Lennart Nilsson e John Clark marcaram os golos no empate final de 1-1. O Gotemburgo esteve 25 jogos sem perder, um percurso que terminou com a conquista da Taça UEFA.

Topo