Adrián derruba Liverpool nos descontos

Villarreal 1-0 Liverpool
Um golo tardio de Adrián López deu o triunfo aos espanhóis e terminou com 12 jogos seguidos do Liverpool sem derrotas na competição.

Highlights: Watch late Villarreal winner
Highlights: Watch late Villarreal winner
  • Suplente Adrián López dá a vitória à beira do fim, culminando pressão tardia do Villarreal
  • Cédric Bakambu acerta no poste e vê guarda-redes negar-lhe o golo com defesa soberba
  • Roberto Firmino, do Liverpool, vê um remate rasteiro ser desviado para o ferro da baliza
  • Villarreal interrompe série imaculada do Liverpool; "Submarino Amarelo" não perde há 12 jogos
  • Segunda mão na quinta-feira, final em Basileia a 18 de Maio

Um golo de Adrián López aos 92 minutos valeu ao Villarreal manter a invencibilidade em casa e um triunfo nas meias-finais da UEFA Europa League, frente a um Liverpool que, durante grande parte do tempo, pareceu satisfeito com o empate.

O registo 100 por cento vitorioso em casa do "submarino amarelo" na competição não impediu a equipa inglesa de tentar conseguir o primeiro triunfo de Jürgen Klopp em Espanha, com Joe Allen (5) a aparecer na área a rematar para defesa de Sergio Asenjo, após cruzamento tenso da direita de Adam Lallana.

Com Cédric Bakambu a espreitar o título de melhor marcador da prova na corrente época foi, contudo, Roberto Soldado quem esteve em evidência na primeira parte, com dois remates em jeito (11 e 42) que assustaram Simon Mignolet mas que saíram pela linha-de-fundo.

Numa primeira parte de muita luta e de ligeiro ascendente da equipa espanhola, Pina (21) ficou muito perto do golo, surgindo na área a rematar após jogada de insistência, correspondendo o guarda-redes internacional belga com uma defesa apertada, assegurando que o nulo prevaleceria até ao intervalo.

A um golo de igualar os dez de Aritz Aduriz, do Athletic, no topo dos goleadores da prova, Bakambu esteve em destaque logo após o recomeço (46), acertando de cabeça no poste, após um canto cobrado por Jonathan dos Santos.

O Villarreal sabia que precisava de marcar golos antes da viagem a Anfield para poder pensar em chegar à sua primeira final europeia, mas foi Roberto Firmino (65) quem esteve perto do golo, após surgir sem marcação na área a rematar à meia-volta, com Asenjo a desviar para o poste.

Mignolet (88), só com Bakambu pela frente, voltou a ser decisivo, ao desviar para canto o remate em jeito do congolês. Na resposta, Alberto Moreno isolou-se e, já na área, atirou de pé esquerdo sobre o travessão.

O melhor estava mesmo guardado para os descontos, quando Denis Suárez surgiu na direita a assistir Adrián López, que se limitou a encostar e a fazer prevalecer a tradição, consumando mais um triunfo caseiro dos espanhóis na prova.